Sobre as meninas

LAURA

IMG_1904

A primogênita, nasceu numa sexta-feira quente e ensolarada de dezembro de 2014. Veio ao mundo com o choro entalado na garganta e, quando ele saiu, nunca mais a abandonou. É dengosa, manhosa e geniosa. Da mãe, puxou a habilidade com as palavras, o sorriso fácil e a memória para letras de música. Do pai, herdou o jeito certinho, opinioso e decidido. No momento, suas músicas favoritas são Aquarela (do Toquinho), Nega-do-cabelo-duro (do Luiz Caldas) e o hino nacional brasileiro.

 

BEATRIZ

IMG_1906

Nasceu numa segunda-feira fria, da única semana verdadeiramente fria, do inverno porto-alegrense de 2017. Chorou e chora somente o necessário para conseguir o que quer. Parece ser da boa paz. Tinha apenas dois meses  quando comecei a escrever o blog, por isso ainda não sabemos bem quem ela é.

 

UPDATE MAIO 2018

Elas cresceram e cada dia mostram um pouquinho mais de quem são. Laura, aos 3 anos e meio, é mais inteligente do que imaginávamos e mais sensível do que minhas palavras possam descrever. Segue chorona e manhosa, mas estamos trabalhando para construir outras respostas mais elaboradas e menos dramáticas.

Beatriz revelou-se uma tinhosa. É rápida e forte, ciumenta, impetuosa, valente. É uma simpatia só, mas sabe brigar e gritar para se fazer ouvir. Vai aos poucos conquistando seu espaço na casa (na casa, porque no coração, já tem um espação só para ela).